Semifrio de Frutos Vermelhos

Semifrio de Frutos Vermelhos

Semifrio de Frutos Vermelhos

Nesta altura do ano em que o calor já começa a aparecer e a sentir-se nada melhor que uma sobremesa fresquinha, um semifrio de frutos vermelhos. Muito fácil e rápido a preparar.

É uma sobremesa fresquinha. É uma receita diferente dos semifrio que costumamos ver. Há alguns que só levam gelatina, este é um bolo. A base é um bolo fresquinho.

 

Muito bom.

Ingredientes:

6 Ovos (usei tamanho M)

200 Gr. Açúcar (usei algum para o chantilly)

75 Gr. Farinha trigo ou farinha sem glúten

75 Gr. Fécula de batata

1 Colher chá Fermento em pó

Calda de Fruta (usei calda do ananás em lata)

2 Pacotes de Natas Frescas (para fazer chantilly)

Frutos vermelhos (usei os congelados)

 

Preparação:

Retirei os frutos do congelador e pré-aqueci o forno a 180ºC

Untei um tabuleiro redondo.

Separei as gemas das claras.

Juntei às gemas o açúcar (deixei algum para o chantilly) e bati com a batedeira até ficar cremoso.

Peneirei as farinhas e o fermento para a taça para não ficar grumos

Bati as claras em castelo e envolvi-as com a massa.

Coloquei no tabuleiro e foi ao forno durante 30 minutos (depende do forno)

Retirei, desenformei e deixei arrefecer.

Bati as natas com o restante açúcar até formar o chantilly.

Com uma faca dividi o bolo em dois e separei-as.

Com um pincel molhei a metade que fica no meio com a calda e enchi com chantilly e meti alguns frutos.

Pus a outra parte do bolo por cima e molhei também com a calda.

Juntei o chantilly com uma espátula e espalhei, coloquei os restantes frutos e levei ao frigorífico.

Semifrio de Frutos Vermelhos

Uma delícia!

Sobre susanasilva 311 artigos
O Pão Pão Queijo Queijo, foi criado a pedido de amigos, que gostam do que cozinho. Gostam de receitas fáceis, rápidas e deliciosas. Gosto de fazer experiências com todos os produtos e marcas. Faço comparações e sei quais os melhores produtos e mais baratos. Para além de a partir de certa altura na curta vida do blogue, ter necessidade de fazer e inventar receitas sem glúten.

2 Comentários

Deixe um comentário