Filhós de Abóbora

filhós

Filhós de abóbora e laranja.

As filhós, ou filhoses, popularmente chamadas, são especialidades gastronómicas portuguesas, feitas na altura do natal.

Começou por serem feitas no interior de país, mas devido à migração das pessoas para o litoral, passou a ser uma especialidade nacional.

 

 

Apesar de haver pessoas que confundem as filhós com sonhos, as receitas são diferentes. Pelo que sei, os sonhos ficam mais leves e as filhós mais consistentes. Há receita de filhós de abóbora e de sonhos de abóbora, mas as receitas são diferentes.

 

Ingredientes:

500 Gr. de Abóbora

1 Ovo

1 laranja (raspa e sumo)

100 Gr. Açúcar

1 Cálice (50 ml.) de bagaço ou rum

Sal

Canela

Açúcar de pasteleiro para polvilhar

Óleo para fritar

1 pacote de fermento de padeiro seco

200 Gr. Farinha (usei sem fermento)

 

Preparação:

Na véspera, coloquei a abóbora a cozer em água com sal durante 30 minutos.

Coei com um coador e com um pano e deixei de um dia para o outro.

 

No dia seguinte, coloquei num copo o sumo da laranja e dissolvi o fermento.

Coloquei a abobora numa taça larga e desfiz com a batedeira, mas com a varetas em espiral.

Sempre a bater, juntei a raspar de laranja, o sumo com fermento, o rum, uma pitada de sal, o ovo, o açúcar e a farinha aos poucos.

Amassei muito bem.

Tapei de deixei repousar num sitio morno durante 2 horas.

Verifiquei a massa e como estava um pouco mole juntei mais um bocado de farinha.

Coloquei o óleo ao lume a ferver e comecei a fritar colheradas da massa.

Retirei e coloquei num prato com papel absorvente.

Coloquei num prato de servir e polvilhei com o açúcar de pasteleiro.

filhós

 

 

 

 

 

 

 

Ficaram lindas!

Sobre susanasilva 311 artigos
O Pão Pão Queijo Queijo, foi criado a pedido de amigos, que gostam do que cozinho. Gostam de receitas fáceis, rápidas e deliciosas. Gosto de fazer experiências com todos os produtos e marcas. Faço comparações e sei quais os melhores produtos e mais baratos. Para além de a partir de certa altura na curta vida do blogue, ter necessidade de fazer e inventar receitas sem glúten.

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário