Batatas Recheadas no Forno

Batatas recheadas no forno

Batatas recheadas no forno, com Bacon.

Com o frio e outono a chegar, já começa a apetecer aquele tipo de comida que reconforta. Adoro esse tipo de comida. Faz lembrar a comida da mãe e da avó. E assim fiz estas Batatas recheadas no forno. Gratinadas com bacon.

Muito fácil apesar de não parecer.

 

Ingredientes:

4 Batatas grandes

Bacon cortado em pedaços (qb)

Alho Francês cortado em pedaços muito pequenos (qb)

Queijo Ralado (usei flamengo)

Creme vegetal

Natas (fiz na hora, receita no blog)

Salsa Picada

Cenoura Ralada

 

Preparação:

Lavei muito bem as batatas e coloquei-as a cozer (inteiras) em água a ferver com sal, durante 25 minutos (não pode estar a desfazerem-se, nem cruas, tem de se picar com um garfo e ir controlando).

Entretanto fiz as natas e cortei e ralei todos os outros ingredientes.

Retirei as batatas e deixei-as arrefecer um pouco.

Pré-aqueci o forno a 220ºC.

Num tacho, coloquei creme vegetal (foi a olho, não usei muito) e juntei o alho francês e o bacon deixei em lume brando até o alho ficar macio.

Às batatas, coloquei-as deitadas num tabuleiro e cortei a parte de cima.

Retirei o interior com uma colher, com cuidado para que a batata ficasse inteira.

A batata que retirei, coloquei numa taça e amassei para que ficasse em puré.

Esse puré juntei ao tacho que tinha o bacon e coloquei as natas (também foi a olho, juntei até que ficasse num creme)

Desliguei o fogão e verifiquei o sal e juntei a cenoura ralada.

Juntei o queijo e coloquei o “preparado” dentro das batatas.

Foi ao forno a 180ºC (diminui a temperatura) durante 20 minutos.

Retirei, decorei com salsa e servi.

Batatas recheadas no forno

 

 

 

 

 

 

 

Uma delícia!

 

Sobre susanasilva 311 artigos
O Pão Pão Queijo Queijo, foi criado a pedido de amigos, que gostam do que cozinho. Gostam de receitas fáceis, rápidas e deliciosas. Gosto de fazer experiências com todos os produtos e marcas. Faço comparações e sei quais os melhores produtos e mais baratos. Para além de a partir de certa altura na curta vida do blogue, ter necessidade de fazer e inventar receitas sem glúten.

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário